25 abril 2017

Resenha: O Segredo de Emma Corrigan

Livro: O Segredo de Emma Corrigan
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
Páginas: 384

Sinopse: Em O segredo de Emma Corrigan, Sophie Kinsella segue a receita que fez da série Os delírios de consumo de Becky Bloom sucesso de público — foram mais de 35 mil exemplares vendidos só no Brasil — e crítica. Com humor e muito charme, ela nos apresenta a Emma, uma inglesa perto dos 30 anos, mas longe de uma definição na vida. Na memória ela guarda situações ultra confidenciais: como perdeu a virgindade enquanto os pais assistiam Ben-Hur na sala de TV, o que pensa sobre o namorado, as peças que prega nos colegas de escritório, seu peso real.




"É claro que eu tenho segredos.
Claro que sim. Todo mundo tem. É totalmente normal. Tenho certeza de que não tenho mais do que ninguém.
(...)
Por exemplo, aqui estão alguns ao acaso, que me vieram à cabeça:
(...)
12. A calcinha fio-dental está me machucando.
13. Sempre tive uma convicção profunda de que não sou como todo mundo, e que há uma vida nova e incrivelmente empolgante me esperando ali na esquina.
14. Não faço ideia do que esse cara de terno cinza está falando.
15. Além disso, já esqueci o nome dele."


Então, está aí mais um livro da Sophie Kinsella que adorei. É um romance água com açúcar, do gênero chick lit como característico da autora e com todos esses itens para ser clichê: ele foge do óbvio. Sério, peguei o livro e adorei a Emma com todas as suas incertezas amorosas e profissionais e tinha momentos que não sabia se ria ou se ficava com vergonha por ela, muito doidinha rs

No início do livro temos Emma voltando de avião após sua primeira reunião como assistente de marketing da Corporação  Panther e logo de cara podemos ver que sua vida é cheia de momentos constrangedores, mas em um momento raro de sorte, ela consegue um lugar na primeira classe. Porém, como nada parece simples quando se é Emma Corrigan, essa londrina tem medo de voar e o seu voo passa por muitas turbulências, e o que ela faz: Começa a contar sem parar todos os seus pequenos e grandes segredos para o passageiro que está ao seu lado e só para quando finalmente o avião aterrissa em segurança. A primeira vista poderíamos pensar, ok. O cara é um estranho, ela nunca mais vai ê-lo, porem se fosse assim não teríamos história e o desconhecido passageiro era ninguem menos que um dos fundadores da Corporação Panther e ele com certeza lembra tudo que ela falo naquele voo.

Pode parecer que falei muito, mas não. Mesmo com essas informações que são reveladas logo no início, a leitura é uma delícia e muito divertida. Emma é cativante e muito divertida, com segredos que todos temos de certa forma. Eu com certeza tenho os meus e imagino que vocês também tenham os de vocês, até porque é impossível agradar a todos e ela vai aprendendo aos poucos que o que ela sente e o que quer também é importante. Em um momento de desespero ela revelou tudo que podia e coisas talvez inesperadas até para ela e deu o azar/sorte de ser o chefe dela.

"...cavalheiro de armadura brilhante não é uma opção realista. Mas há uma parte minha que quer um romance gigantesco, espantoso. Quero paixão. Quero ser tirada do chão. Quero um terremoto... Não sei, um redemoinho enorme... Alguma coisa empolgante."

É uma leitura mais do que recomendada, com risadas garantidas. Fiquei curiosa para saber qual seria o desenrolar dessa confusão e Sophie Kinsella mais uma vez não decepcionou. Espero que vocês também se divirtam tanto quanto eu. Bjs

13 comentários

  1. Sophie K é a rainha mor dos chick lits!!! E o segredo de Emma é um dos meus preferidos dela. Gargalhadas garantidas

    ResponderExcluir
  2. Oiii Helyssa tudo bem?
    Esse livro realmente parece ser bastante engraçado, quem sabe futuramente eu daria oportunidade, porque sou apaixonada pelo filme hahaahaha ri muito, ótima resenha e adoro essa capa.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Já havia lido uma resenha desse livro, mas não me chamou tanta atenção. Parece meio mais do mesmo, apesar de que agora você trouxe alguns elementos que despertam mais a minha curiosidade. Quem sabe futuramente, né?! Bjos

    ResponderExcluir
  4. Olá linda,

    Eu li dois livros da autora e sorri muito.
    Ela escreve com uma leveza que impressiona e esse deve ser bem hilário com essa da personagem contar seus segredos justamente para quem vai trabalhar com ela haha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Detesto Becky Bloom e suas intermináveis continuações, então quando me sugeriram - Amazon e suas "Eu acho que você pode gostar de..." eu pensei em recusar, mas a sinopse me ganhou de cara. Emma é divertida, atrapalhada, temperamental: Humana.
    O romance do livro é quase crível, Sophie me ganhou com esse livro.

    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Que loucura contar seus segredos para um estranho, que no final acaba sendo seu chefe haha! Já estou ansiosa para saber como será o desenrolar dessa história que parece ser super divertida. Parece conter uma escrita gostosa e envolvente, obrigada pela dica. Bjss!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Ah os livros da Sophie tem umas capas amorzinho ♥
    Adorei a sua resenha, não conhecia a premissa da obra e já quero ler, amo livros com uma pitada de comédia!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oiii!!

    Li um livro da autora e me encantei com a escrita dela. Com certeza esse livro me conquistaria! Eu gostei do enredo e tenho certeza que ele é ótimo para tirar dá ressaca literária.
    Dica anotada!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Sou apaixonada pela escrita da autora e para minha sorte esse é um dos livros dela que ainda tenho aqui pra ler! Tenho certeza que a leitura será mesmo uma delícia e bem divertida, e saber que a protagonista é cativante me deixa ainda mais animada!

    ResponderExcluir
  10. AAhhh como nao amar um livro da Sophie Kinsella, eu adoro a escrita dela é mto boa.
    Esse livro eu li faz mto tempo e amei relembrar, nao é meu favorito, mas tb recomendo.
    Adorei a resenha, deu ate vontade de ler as partes que mais gostei do livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Ah, as inglesas malucas da chick-lit. Adoro! Apesar de não ter gostado tanto de Becky Bloom (sério, ela me deixou tão nervosa, que não consegui achar graça de nada), este parece ser bem interessante. Até me deu vontade de arriscar. Obrigada pela dica. Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Amo Sophie desde que li A Procura de Audrey! Gosto de um bom chick-lit, então com certeza vou amar esse, ainda mais por ser volume único!

    ResponderExcluir

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por