25 maio 2017

Resenha: Destrua-me


Livro: Destrua-me (Wrecked #1)
Autora: J. L. Mac
Editora: Charme
Páginas: 264

Sinopse: Aos vinte e cinco anos, Josephine Geroux é uma "zé ninguém", segundo sua própria definição e, apesar de não querer ser assim, ela se contenta com isso. Crescer órfã a transformou numa pessoa dura e indiferente aos outros, até que ela conhece um homem estranhamente familiar, com um rosto que a assombra por razões que ela não consegue entender. Mesmo fazendo questão de evitar interações com os outros, a vida de Josephine se entrelaça a de Damon Cole, o enigmático estranho, e antes que se dê conta, ela se entrega à única pessoa que está perto o suficiente de destruí-la. Envolvente, sensual e extremamente emocional, Destrua-me irá te seduzir, apaixonar e conduzir à uma montanha russa de sentimentos, com a dolorosa vida de Josephine.



Não conhecia a autora até que ganhei o livro "Conserte-me (Wrecked #2)" de uma amiga. Vi tanto avaliações positivas quanto negativas, então resolvi comprar o e-book do primeiro para dar uma chance, e não me arrependi.

Josephine Geroux é uma mulher de vinte e cinco anos e órfã. Infelizmente, quando tinha nove anos, o carro em que estava com seus pais foi atingido levando-os a óbito. Então Jo começou sua jornada por abrigos e orfanatos até então atingir a maior idade e começar a se virar sozinha. No decorrer de suas visitas à biblioteca pública Jo conseguiu se formar na escola e também arrumar um emprego, onde está há sete anos trabalhando com o dono do lugar, Sutton. A relação deles dois é engraçada, um vive perturbando o outro. Aquela velha relação de "amor e ódio" pelo patrão que cheira a naftalina rs

Damon Cole é um homem enigmático que presencia Josephine expulsando um cara furtando livros na loja em que trabalha, e que deixa Jô com aquele frio na barriga. Mas Jo não se liga sentimentalmente às pessoas, de acordo com ela, fazendo com que leve-a crer que Damon e ela terão apenas uma noite de sexo. Será mesmo? Porque Damon não parece ser o tipo de cara que leva um "não" como resposta, ainda mais quando quer muito alguma coisa que o interessa. E definitivamente, Josephine o interessa e o deixa intrigado. A tensão sexual entre eles é palpável, nenhum dos dois consegue se manter longe um do outro e isso começa a assustar Jo.
"Nunca acreditei nessa coisa de amor à primeira vista e nesse papo furado de alma gêmea, até agora. Até ele."
O que me mais me divertiu durante a leitura foi o senso de humor da Josephine. Ela é uma pessoa espontânea e muito determinada. E quando contrariada, faz com que ela não tenha filtros em alguns pensamentos e falas. Temos dois personagens tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos. Ambos com cicatrizes do passado, mas com vivências de vida totalmente diferentes, e o fato de Jo ter tido que se virar desde muito cedo a faz uma personagem muito mais forte do que Damon. Mesmo com todas as dificuldades que a vida lhe impôs desde o acidente, ela nunca desistiu de ser alguém com que os pais se orgulhassem. 

Damon e Jo ainda não conseguem entender essa ligação que têm com o outro. Como se eles já se tivessem se visto em algum momento da vida, e se conhecessem há tempos, e isso fica na cabeça deles a todo momento. Em certo ponto da leitura conhecemos o Edward, um personagem que Damon não quer contato e nem ver pintado de ouro, o que me levou a pensar em algumas teorias. E eu estava de fato certa sobre uma dessas teorias! Mas eu não queria estar, porque sabia que o casal sofreria mais à frente, e foi exatamente isso que aconteceu... 
"Eu não poderia te amar mais do que eu já amo. Josephine,meu coração reside com você para sempre."
O livro acaba de forma que te deixa "NÃO! NÃO PODE ACABAR ASSIM!", mas acaba e de uma forma que te deixa a ponto de querer arrancar os cabelos. A continuação dessa enigmática história continua em "Conserte-me" e não vejo a hora de conferir o que irá acontecer com o casal. Espero que tenham gostado das minhas impressões e deem uma chance para essa leitura! 



Compre: Amazon | Saraiva



Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por