29 setembro 2017

Resenha: O Jogador


Livro: O Jogador
Autora: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 304

Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quaterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência. forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém. Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar. De repente, eu era essa garota. Simples, certo? Vamos encarar, nunca é. Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre... E esta é a nossa.


Hello gente, quanto tempo não é mesmo? hehe Eu estava precisada de um livro que prendesse, não me deixasse dormir e então resolvi ler um dos comprados na Bienal do Livro do RJ desse ano. Quando se trata de homens com tanquinhos maravilhosos como esse da capa, Vi Keeland é a rainha do assunto! Eu ADORO livros com qualquer que seja o tipo de atleta, e olha que não me arrependi nem por um segundo de ter lido mais um com um deles. Serei breve com as minhas impressões. Prometo (eu acho)!

Delilah é uma ambiciosa jornalista esportiva, que desde pequena quis seguir nesse ramo por sempre estar rodeada desse mundo dos jogos onde futebol é sua primeira paixão. A bela Delilah foi finalmente promovida à entrevistadora oficial no vestiário e sabe que o quarterback do time New York Steel, Brody Easton, só dá boas entrevistas aos jornalistas do sexo masculino e com isso faz com que o primeiro encontro deles seja bem embaraçoso.

Brody Easton... Ah! O que falar desse homem sexy do cacete, famoso, engraçado mas que se acha o rei da cocada preta? Sim, ele é lindo mas totalmente arrogante e todo pomposo. O bonito do Brody pra deixar Delilah super sem graça, deixa sua toalha cair fazendo com que todos vejam, principalmente Delilah, o objeto de desejo de tantas mulheres que circulam as arquibancadas e as ruas de Nova York. Mas se ele achou por um segundo que fazendo isso, faria com quem Delilah caísse no seu charme e se jogasse em seus braços ele está errado. 

Depois de algumas investidas sem sucesso do Brody, ele e Delilah estabelecem que terão uma amizade duradoura e saem para jantar como duas pessoas civilizadas. Mas será que essa amizade vai durar? 
"Eu não confio em mim sozinho com você. Preciso de um pouco de espaço entre nós, ou nossa amizade não vai acabar bem."
Delilah e Brody, ambos tem seus demônios para enfrentar, e isso faz com que eles não consigam ter algum tipo de relacionamento nos últimos tempos. O que me deixou um pouco curiosa e ao mesmo tempo morrendo de amores por ele, foi o fato de ele manter Marlene num lar de idosos com todos os cuidados do mundo. Sabemos que ela é alguém que deu muito apoio a Brody desde que ele era um garoto, e que também tinha/tem uma neta chamada Willow que teve algum tipo de relacionamento com Brody. Contudo, Delilah e Brody decidem aceitar essa atração que existe entre eles e assumem um relacionamento sério, mesmo com todo o passado conturbado deles. Está tudo indo bem, até que algo ou melhor, alguém do passado reaparece fazendo com que algumas feridas sejam abertas novamente.
"Às vezes, acreditamos nas coisas não porque sabemos que elas são verdadeiras, mas porque as mentiras são mais fáceis de aceitar."
"O Jogador" é narrado em primeira pessoa com capítulos que intercalam com os pontos de vista de ambos, Delilah e Brody. Vi Keeland nos trouxe um romance quente, mas também nos trouxe um romance divertido, com drama e até mesmo com algumas lágrimas (Sim, eu chorei. Quem leu, me entende). Você começa a ler e não quer parar mais, porque ao mesmo tempo que você torce para que Brody seja desbancado por Delilah em suas investidas, você ri por cada piadinha e comentário que ele faz. Espero que vocês deem chance a essa leitura gostosa e apaixonante como eu dei porque não vão se arrepender!

15 comentários

  1. Oi Camila,
    Fiquei curiosa sobre essa história desde que vi a capa desse livro. rs. Já tinha lido um pouco sobre a história e acho que eu ia curtir muito e gostei bastante da sua resenha porque parece que ela tem um pouco de drama também, ou seja, temos um pouco de tudo. Me fez querer mais ainda esse livro.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Camila lindona amo esse livro, me apaixonei pelo Brody, toda a história foi muito bem construída, personagens que nos cativam, além de lindo nosso protagonista é um homem bondoso e com um bom humor que contagia com seus diálogos direto. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Eu sempre vejo esse livro e fico enrolando para adquiri-lo. Mas agora que li sua resenha, vou tomar vergonha na cara e colocar na lista de "preciso logo comprar/ganhar" e ler. Fiquei encantada e curiosa com a história.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Desde que a editora divulgou essa capa eu tô passada com essa ereção na capa.. kkkkkkk... Apesar de apreciar MT a imagem, achei a capa apelativa demais...kkkkk... Sobre o livro, depois de lê alguns livros bem medianos ou bem fraquinhos lançados pela editora, deixei de investir em livros delas. Mas fico feliz que tenha gostado, tenho certeza que outras tantas irão cair de amores por ser livro tbm.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que bom que esse livro realmente prendeu a sua leitura! Adoro personagens que têm dificuldades de se relacionar devido a um passado sombrio e complicado. E, claro, amo a forma como eles dão a volta por cima! Amo romances que além de hot têm senso de humor. Se tem drama que pode levar às lágrimas, tanto melhor! Já quero ler!
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gente, sério, qual é a necessidade de uma capa dessas??? Passo mal!!! huahuauhauhhu
    Estou sofrendo abstinência de leituras nessa vertente e acho que vou matar com esse livro.
    Adorei a história. Dica anotada com certeza!
    Resenha boa de mais da conta!! <3

    Beijo!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Camila
    Também gosto do gênero e até gosto quando tem atletas, desde que não fique repetitivo. Que bom que tem momentos divertidos no livro, gosto assim também. Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Nunca senti interesse em conhecer as histórias desse autora, até que bati o olho pela primeira vez nessa obra, é bem o tipo de romance que me faz a cabeça e com certeza no momento que eu tiver oportunidade irei realizar a leitura dele! Espero gostar como você!

    Bjss

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei!
    A narrativa da autora é ótima, e o romance é de tirar o fôlego! Quero mais livros da autora aqui no Brasil!
    Muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila.
    Confesso que quando vi a capa desse livro eu fiz uma careta de rejeição, porque não me atrai muito esse tipo de capa. Ainda assim, achei legal que a narrativa seja feita em primeira pessoa, com os capítulos intercalados entre os personagens principais.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. oiii tudo bem??

    Acho que sou contraria a você, corro quando vejo homens na capa, não me atrai esse tipo de leitura. Após ler sua resenha fiquei um pouco mais interessada, mas não acredito que tenha sido o suficiente, mas adorei sua resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Boa premissa, mas essa capa me afastou por completo. Mesmo com sua ótima resenha, ainda é mais do mesmo e não é algo que procuro no momento.

    ResponderExcluir
  13. Ola flor, tudo bem? Apesar de ser diferente a história e tudo o mais, eu meio que fiquei saturada de romances assim... Eu gostei muito da sua resenha, muito mesmo. Mas eu meio que cansei de romances assim kkkkk
    Mesmo assim, obrigada pela dica,
    bjus

    ResponderExcluir
  14. Heiii, tudo bem?
    Acho as edições da Charme bem bonitas dessa série e acho que tenho os dois primeiros livros, mas ainda nao tive tempo para ler.
    Adorei conhecer mais sobre a história do Jogador, e nao achei que seria uma romance divertido, achei que ia mais pra o lado dramático.
    Ainda quero ler algo da Vi Keeland esse ano.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy!
      Esse livro é único, você deve estar confundindo com a série MMA Figther que é composta de 3 livros (que inclusive não li ainda hehe), mas eu espero que você dê oportunidade ao O Jogador porque é realmente uma delícia de se ler!

      Beijos

      Excluir

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por