29 outubro 2017

Resenha: Adormecida

Livro: Adormecida(Provocante #3)
Autora: Paola Scott
Independente
Páginas: 355

Sinopse: Um trauma do passado, uma família que a sugava de todas as formas, um emprego onde não era reconhecida. O fardo tinha ficado pesado demais. Desespero? Covardia? Atitude impensada? Se era obra do acaso, coincidência ou intervenção divina Luciana não sabia dizer, o que importava é que mais uma vez ela tinha fracassado. Mas o destino lhe mostrou um caminho para se libertar daquele sofrimento. Disposta a deixar tudo para trás, Luciana decidiu aceitar a proposta de uma amiga muito querida, indo trabalhar e morar em outra cidade. O que ela não imaginava, é que ao concordar com essa proposta, teria que lidar com um contador charmoso que agora seria seu parceiro de trabalho. Mais do que um homem sedutor, ele parecia entender perfeitamente sua dor. Bem como a forma para amenizá-la. Ele se revelou ser tudo o que ela precisava. Eduardo soube logo de início que ela era uma mulher inteligente, perspicaz e eficiente, apesar do seu jeito contido e isolado. Só não fazia ideia que por trás daquela timidez se escondia um vulcão adormecido. Ela era o que ele queria. Mas até que ponto, fantasmas do passado, insegurança e alguns mal-entendidos poderiam abalar uma relação?


Oi gente, hoje trago para vocês a resenha do livro 3 da série provocantes: Adormecida da nossa autora parceira Paola Scott. Antes de tudo, preciso dizer que esse é meu livro preferido até agora. Já conhecemos Eduardo, por ser sócio e amigo da Paola (protagonista do livro 1) e a Luciana por fazer parte do grupo Insanas junto a Paola, o despertar de Luciana junto com a ajuda do Edu é lindo de acompanhar.

Consegui ver mais da escrita da autora com Ousada, mas nesse volume ela abordou um assunto delicado de forma tão realista, que eu apenas me encantei. Luciana sofreu um trauma no passado quando mais jovem e com isso nasceu nela uma doença silenciosa e difícil de ser compreendida por muitos, porém a autora soube conduzir muito bem e com certeza aprendi muito mais do assunto durante a leitura.

Desde o início do enredo vemos o quanto Luciana sofre com a sua doença e a incompreensão das pessoas que a rodeiam. Ela está passando por uma forte crise, nada a motiva, trabalho, pessoal, familiar. Para tentar preencher o vazio que sente, ela acaba descontando na comida e também não está satisfeita com sua aparência, nem o tratamento com a psicóloga ela acredita que pode ajudar, mas muitas vezes, tudo que a gente precisa são pequenos incentivos, bons conselhos e finalmente Luciana decide dar um basta na situação em que se encontra e voltar a lutar para gostar de viver. E assim ela começa as pequenas mudanças na sua vida, até aceitar o convite que sua amiga Paola fez no primeiro livro e conseguir deixar sua família em SP e ir trabalhar com ela em Curitiba.

Gente, até aqui realmente foram vitórias conquistadas por Luciana. Lutar contra a depressão que a acompanha há anos: Nova terapeuta, um novo emprego em uma nova cidade, começar a acreditar em si mesma e quão boa profissional ela é e permitir que Edu faça parte da  sua vida. Conforme ela vai deixando algumas coisas para trás, convivendo com suas amigas e Eduardo em um ambiente mais saudável, vemos que ela vai despertando para vida e que a Luciana adormecida se foi e está cada dia mais forte.

"Ali, naquele momento, morria uma Luciana covarde, derrotada, humilhada. E nascia outra disposta a viver com mais paixão, entusiasmo e esperança."

Esse livro para mim teve muitos nomes simbólicos. Desde o título adormecida, ao apelido que o casal recebeu: casal realeza. Eduardo é um lorde, e faz de tudo para que Luciana acredite ser a rainha que ele vê nela. Ele realmente é um guerreiro, como seu sobrenome diz e está ao lado de Luciana nessa luta. Ele ajudou muito, mas quem quis e buscou a mudança em primeiro lugar foi ela. Quanto mais segura e feliz ela se sente, mais lados dela podemos ver e num deles, ela realmente faz pegar fogo junto com Eduardo, não deixando nada a desejar como também é característico na escrita da autora.  

“Eu não estava exatamente à procura de alguém para amar. Mas se essa pessoa aparecesse, se esse sentimento chegasse, eu estaria disposto a deixá-lo entrar. (...)eu tinha sim muito amor para dar.”

Eduardo com certeza nos surpreende a cada livro com seu relacionamento com Alana, filha de Paola e nesse podemos ver mais ainda o quão amigo e companheiro ele pode ser. Junto aos seus pais, a sua irmã de quem é muito próximo ele é tudo que Luciana poderia querer em um companheiro. Ele não é perfeito, ou não seria parte de um livro da Paola com personagens tão reais e apaixonantes, mas é quase rs.

Nem tudo foi fácil flores para o nosso casal realeza e alguns fantasmas do passado aliado a um mal entendido, me fez ficar com o coração na mão por um momento, mas a conclusão que a autora deu para esse casal, foi perfeita. Foi uma leitura maravilhosa do início ao fim. A história fluiu tão bem, que nem senti que cheguei ao fim e já fiquei ansiosa pela história do próximo casal.

“Encontrar um amor de verdade não quer dizer encontrar o príncipe encantado, a pessoa perfeita Luciana. Amar de verdade é ter ao lado uma pessoa que conhece todos os nossos defeitos e mesmo assim continua nos amando.”

Mais uma vez meus parabéns a autora e meus agradecimentos não só por mais um livro maravilhoso, mas por ter me ensinado mais um pouco sobre o tema que infelizmente é um mal do século que muita gente não trata com a devida seriedade. Mais um livro devidamente favoritado. 

Boa leitura a todos!
Resenhas da Série Provocante:

14 comentários

  1. Oi oi!
    Não conhecia a série nem a autora, mas o livro parece um daqueles clichês interessantes.
    Gosto de livros que falam sobre recomeços, acho que são sempre bons para nos inspirar. E bom, os protagonistas parecem conquistar!
    Vai ficar como dica.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, bem isso. Espero que vc possa dar uma chance. Bjs

      Excluir
  2. Não conhecia a autora nem o livro,mas achei interessante pela premissa da personagem ter trauma do passado.
    Se tiver a oportunidade lerei sim.

    ResponderExcluir
  3. Oi Helyssa!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas lendo a sinopse e os seus comentários, não me interessei muito pela obra. Até gosto de alguns romances, mas desses repletos de clichês, o único autor que leio sem implicância é o Nicholas Sparks, então passo a dica dessa vez...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu preciso continuar a leitura dessa série, eu gostei muito da história de Paola, e preciso ler o romance das amigas dela. Com certeza é uma ótima história, e esses dois personagens conquistaram e me conquistarão quando eu fizer a leitura.
    bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Oi, Helyssa.
    Ainda não conheço o trabalho da autora, mas depois de ler a sua resenha fiquei curiosa! Vou dar uma olhada nas resenhas dos outros livros e colocar na lista de desejados!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Não conheço a série, mas parece ser envolvente e fluída. Um livro que aborda temas tratados como tabu e se saí bem é sinal de que o autor se dedicou muito, para não tornar em uma auto ajuda.
    Parabéns a autora, espero em breve ler algo dela.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Hey!
    Não conhecia a obra, particularmente teria um bloquei na leitura desde a capa. Mas ao ler a sinopse achei interessante, porém quando vi que era o terceiro volume da obra estranhei bastante. A resenha não me atraiu muito para a leitura.
    Vou passar a dica.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livro e nem a autora. Não é o gênero que mais leio, então não sei se o leria. A capa não me atraiu muito e, talvez por esse não ser o primeiro livro da série, eu não me senti atraído a lê-lo. Gostei bastante da sua resenha.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
  9. Oi Helyssa, não conehcia o livro e nem a série e fiquei curiosa com o enredo. A capa me remeteu a livros antigos, mas o plote central me atraiu muito tb!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Hely!
    Não conhecia a série, mas fiquei bem curiosa, depressão é realmente um assunto bem pesado e contagiante, é impossível ler uma história assim e não se emocionar e se apegar aos personagens.
    Dica anotada

    Beijokas

    ResponderExcluir
  11. Já tinha lido resenhas lindas dos primeiros livros e esse ainda nao conhecia.
    Pelo que vi Luciana é uma moça forte e determinada, gostei dela e espero no futuro poder ler a serie toda.
    No entanto, achei essa capa um pouco diferente dos demais.
    Linda resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem?
    Nunca li nada da autora nem conhecia a série, mas achei bem bacana a resenha. A capa não me agradou muito, mas acho que seria uma leitura muito agradável. Espero poder conferir um dia ^^

    ResponderExcluir

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por