28 janeiro 2018

Resenha: Caixa de Pássaros

Livro: Caixa de Pássaros
Autor: Josh Malerman
Editora: Intrínseca
Páginas: 272

Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Hey gente!
O Tell me a Book está participando de um clube de temas esse ano, e cada mês iremos ler um livro de um tema diferente. Janeiro o tema é terror e o livro que escolhi foi Caixa de Pássaros do Josh Mallerman. O autor esteve no Brasil na Bienal de 2015 e desde então só ouvi elogios sobre esse livro. 

Ah, desde 2015 e você só leu agora?? Sim, pois apesar de adorar ver filmes de terror, morro de medo quando estou nas salas de cinema rs. Enquanto nos filmes posso fechar os olhos, na leitura não e em Caixa de Pássaros o que você mais precisa é vendar os seus olhos…

O livro começa nos mostrando a protagonista Malorie tomando a decisão de sair da sua situação atual. Ela mora em uma casa velha, com cobertores nas janelas e seus dois filhos de 4 anos que ela criou desde bebês para sobreviverem nesse novo mundo. O mundo que ela vive hoje, mudou quando a humanidade começou a testemunhar ataques de violência assustadores e sem explicação. Ataques em que uma mãe enterrou vivos os filhos e se matou. Em outro o homem arrancou os próprios olhos com uma colher. A única certeza que se tinha era de que após ver algo, mesmo que por um segundo, as pessoas estavam ferindo as pessoas próximas com o que estivesse a mão e depois se matando. 

“Na calçada, um casal passa com o jornal cobrindo o rosto até as têmporas”. Alguns motoristas dirigem com os retrovisores virados para cima. Distante, Malorie se pergunta se aqueles são sinais de que a sociedade está começando a acreditar que há algo de errado. E se houver, o que é?”

A história é contada com os capítulos alternando em duas linhas de tempo. Malorie e os filhos vendados em um barco a remo e o início de tudo, de quando Malorie se descobre grávida e o início dos ataques até as narrativas se encontrarem. A escrita do Josh nos prende desde o primeiro capítulo e o ritmo rápido que ele impõe aos acontecimentos e a sensação de claustrofobia que a história nos transmite, faz com que precisemos chegar ao fim e sair de dentro dessa situação com algumas respostas. E se você acha que as terá facilmente está enganado. Assim como os personagens, nós, leitores, também ficaremos no escuro sabendo apenas o que eles sabem. Os personagens foram todos muito bem construídos e só querem sobreviver, por ser o desconhecido eles tem medo de ir atrás de respostas.

“Remar vendada é ainda mais difícil do que Malorie havia imaginado. Já aconteceu de muitas vezes o barco bater nas margens e ficar preso por vários minutos. Durante esse tempo, ela foi tomada por imagens de mãos invisíveis tirando as vendas dos olhos das crianças. Dedos emergindo da água, surgindo da lama das margens.”

Para quem gosta de ficar tenso, ficar imaginando porque os pássaros estão piando. Será que isso foi uma folha caindo ou tem alguém aqui comigo? Por que o cachorro está latindo sem parar? Caixa de Pássaros realmente é uma boa opção de leitura parta você. Eu que sou medrosa virei fã da escrita do autor e depois de ler novamente meus romances, pretendo dar uma chance ao seu outro livro já publicado por aqui.

Até a próxima! 

3 comentários

  1. Amore que legal sua escolha, já vi excelentes comentários sobre esse livro... pena que minha escolha não foi muito agradável.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Gabi, que pena não ter começado o clube com uma boa leitura... mas tomara que as próximas sejam melhores.
      Bjs

      Excluir
  2. Eu amei o tema! Confesso que já tentei ler Caixa de Pássaros, mas não deu pra mim. Sou muito ansiosa e a leitura para mim era um martírio e olha que eu amo o gênero...

    Every Little Book

    ResponderExcluir

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por