13 março 2018

Resenha: O Caminho para Casa

Livro: O Caminho Para Casa
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 351

Sinopse: Durante 18 anos, Jude pôs as necessidades dos filhos em primeiro lugar, e o resultado disso é que seus gêmeos, Mia e Zach, são adolescentes felizes. Quando Lexi começa a estudar no mesmo colégio que eles, ninguém em Pine Island é mais receptivo que Jude.
Lexi, uma menina com um passado de sofrimento, criada em lares adotivos temporários, rapidamente se torna a melhor amiga de Mia. E, quando Zach se apaixona por ela, os três se tornam companheiros inseparáveis.
Jude sempre fez o possível para que os filhos não se metessem em encrenca, mas o último ano do ensino médio, com suas festas e descobertas, é uma verdadeira provação. Toda vez que Mia e Zach saem de casa, ela não consegue deixar de se preocupar.
Em uma noite de verão, seus piores pesadelos se concretizam. Uma decisão muda seus destinos, e cada um deles terá que enfrentar as consequências – e encontrar um jeito de esquecer ou coragem para perdoar.
O caminho para casa aborda questões profundas sobre maternidade, identidade, amor e perdão. Comovente, transmite com perfeição e delicadeza tanto a dor da perda quanto o poder da esperança. Uma história inesquecível sobre a capacidade de cura do coração, a importância da família e a coragem necessária para perdoar as pessoas que amamos.

Oi gente!
A resenha de hoje é de um livro cedido pela Editora Arqueiro que foge um pouco do que costumo ler ou que costumo resenhar aqui no blog. É de uma autora que li muitas resenhas positivas e estava curiosa para ter minha própria opinião e preciso dizer que apesar de não ter sido minha melhor leitura, com certeza valeu cada linha lida. Talvez quem é mãe, consiga ter uma outra visão, mas apesar disso o livro me prendeu até o fim e consegui tirar uma boa lição no final de tudo.

"- Você sempre amou seus filhos excessivamente. Você se preocupa demais em fazê-los felizes.Conselhos vindos de sua mãe. Perfeito. Jude deu um  meio sorriso.- É impossível amar excessivamente os filhos. Mas eu não espero que você entenda isso."

O livro é dividido em duas partes e acabei demorando a pegar ritmo na primeira, mas a partir da segunda, não consegui para de ler. A Kristin Hannah escreve de um forma, que os personagens parecem reais e você vive as situações junto com eles.  O livro partiu meu coração em diversos momentos justamente por isso, eu me envolvi com os personagens e pela situação que eles estavam. O livro é sobre um drama familiar e dentro dele temos perda, luta, maternidade, escolhas difíceis que serão julgadas e também temos o perdão e o recomeço.

Não queria falar muito sobre o enredo para evitar spoilers, mas vou tentar.  Jude Farraday é mãe de um casal de gêmeos:  Mia e Zach. Ela sempre coloca as necessidades dos dois em primeiro lugar, bastane amorosa, mas um tanto excessiva até, pois quer ser oposto do que sua própria mãe foi. Um dia, seus filhos conhecem Lexi, uma menina que será a melhor amiga de Mia e o amor de Zach. Os três tornam-se inseparáveis.
O passado de Lexi é um tanto traumático, ela passou por vários lares adotivos e nunca teve um lar até conhecer a família Farraday. Ela vê neles o que ela sempre desejou e é muito bem acolhida por eles durantes anos, porém uma má escolha em uma noite de verão irá mudar a vida de todos eles e encarar as conseqüências é apenas o começo, pois cada um se sente culpado de alguma forma.

“Uma sensação curiosa tomou conta de Lexi. (...), uma emoção tão estranha que ela não reconheceu de imediato. Esperança.”

O livro nos contas 10 anos. São dez anos que vemos todos felizes em harmonia, até que num ponto tudo muda e você não quer mais ver essa família quebrada, você quer sorrir novamente, quer que eles se encontrem e consigam viver.  Estou tão acostumada com romances amorzinhos ou hots que ler esse livro foi meio que um “aloooo, a vida não e um conto de fadas”.

“As pessoas pensam que amar é um ato de fé – falou a mãe – Às vezes, é um ato de vontade.”

Você vai ler personagens passiveis de erros assim como nós, que estão machucados, mas que irão conseguir se levantar, amadurecer e tentar novamente. O título encaixou muito bem com a história e apenas lendo vocês irão entender o quanto. 
Espero que vocês possam dar uma chance.
Bjs, até a próxima.

4 comentários

  1. Hely, não é porque somos do mesmo blog hahahahaha mas eu adorei a resenha!

    Eu já li 2 títulos da Kristin que foram lançados pela Novo Conceito e adorei por mais dramático que seja os livros. A Kristin sabe como te prender, e é o que você disse... parece que os personagens são reais, você sente a dor deles!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Que bom que vc gostou.
      Estou colocando mais livros dela na minha lista também.

      Excluir
  2. Oi Helyssa,

    Gostei muito dessa indicação. Estou gostando bastante dessas tramas que trazem temas mais reais às histórias. Vou anotar a dica!
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© BLOG TELL ME A BOOK- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por